logo

news

Fique por dentro do que acontece no setor de TI

Por que Londrina é genial

Excelência em tecnologia da informação é um importante fator competitivo para a atração de indústrias

Londrina está perto de completar 80 anos. Às vésperas do aniversário, nossa terra recebe de presente uma nova identidade. Durante muitos anos, fomos a Capital Mundial do Café – título que nos orgulha até hoje. Mas o tempo passou, a cidade cresceu e novos talentos surgiram. A marca Londrina Cidade Genial em TIC é a mais adequada para mostrar o que somos hoje: uma cidade genial em inteligência tecnológica.

VER MAIS
Londrina vai promover o maior evento de tecnologia do norte do Paraná

ECO.TI 2014 vem com novidades nos dias 25, 26 e 27 de novembro. Inscreva-se.

O evento vem priorizar principalmente as conquistas da região norte do Paraná em se tornar referência no setor de TIC.

VER MAIS
Entidade de Londrina é responsável por 1,7 mil empresas de TI da região

Nove municípios da região de Londrina têm 1,7 mil empresas de Tecnologia da Informação (TI). O número expressivo foi levado em conta pela Prefeitura de Londrina para a formulação da nova identidade do município. A "cidade genial"  quer se tornar um polo nacional de TI e explorar ativos já existentes, mas, até então, desconhecidos pelo poder público e sociedade civil organizada.

VER MAIS
As dicas de experts em TI

Daniel Dalarossa e Renann Fortes mostram que, com persistência e força de vontade, é possível faturar nessa área

Dois dos maiores empreendedores brasileiros de Tecnologia de Informação (TI) estiveram ontem, em Londrina, para falar com profissionais, startups e empresas de tecnologia integrantes do Arranjo Produtivo Local (APL). São eles Daniel Dalarossa, fundador da Cyclades Corporation, a primeira empresa nacional de TI que conseguiu crescer internacionalmente; e Renann Fortes, criador da Mundipagg e eleito uma das 30 pessoas com menos de 30 anos como “exemplo de time que está reinventando o País” pela revista Forbes. Eles fizeram juntos um talk-show sobre startups, intitulado “Desafios de empreender e Case da Mundipagg”, organizado pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), para a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia.

VER MAIS
Londrina como polo do setor

Existem hoje 1.170 empresas de TI com CNPJ ativos na área de abrangência do Arranjo Produtivo Local (APL) de Londrina, que vai de Apucarana a Cornélio Procópio. O número, por si só, chama a atenção para a expressividade do setor, mas a região ainda possui outros ativos necessários para se tornar referência, na opinião do presidente do APL, Gabriel Henríquez. Ele aponta a oferta de educação superior, o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) e a infraestrutura de comunicações como diferenciais da região. "O objetivo do nosso do APL é fortalecer isso, está faltando a gente começar a se articular mais; que cidade tem uma Sercomtel? Temos que olhar isso como um ativo para políticas públicas", defende.

VER MAIS